Código MATRIZ

Entre Novembro de 2015 e Maio de 2016 foi desenvolvida a primeira versão do software MATRIZ, uma ferramenta que permitiu que três grupos de músicos/artistas sonoros afastados geograficamente pudessem tocar em tempo real e em colaboração, formando um ensemble. Foram realizados testes com os músicos a poucos metros entre si (no mesmo edificio, em 3 salas distintas, partilhando a mesma rede ethernet) e a distâncias entre 150 e 400 Km (Montemor-o-Novo / Porto / Lisboa, com ligações via internet).

Ao longo das residências levadas a cabo durante o projeto, as várias situações de experimentação do software MATRIZ foram induzindo novas compreenções das suas capacidades, tanto a nível musical, como de difusão:

> foram testadas possibilidades composicionais que jogaram com a interação sonora entre as 3 salas - tirando partido das latências inerentes ao sistema ou controlando quem ouve quem ao longo da interpretação;

> o software permitiu também criar várias possibilidades de escuta, quer para o público online, quer para o público in loco, através de várias opções de direcionamento do som (mistura stereo de todo o ensemble; três stereos com escuta separada de cada sala; etc.) Para o auditório online foi criado um interface no sítio da stress.fm composto por três controladores de volume, cada um correspondendo a uma das cidades transmissoras. Desta forma o público online pôde definir as suas opções de escuta e, consequentemente, o seu percurso pelas performances.

De forma a dar continuidade às experiências levadas a cabo ao longo deste projeto, todo o código da primeira versão do software MATRIZ, está inteiramente disponivel, aberto à comunidade artística nacional e internacional: http://github.com/stressfm/matriz